literatura, política, cultura e comportamento.
seja em santa maria, em alegrete, no rio de janeiro, em osório ou em liechtenstein.
na verdade, tanto faz.

12 de outubro de 2009

Degradação de valores?


Já é chavão "refletir" sobre a degradação e perda de valores na "sociedade contemporânea". Olhe ao mundo ao redor: você constata isso mesmo? E se olhar para o passado? Afinal, afirmações a respeito de "perda" e "degradação" implicam que haja no passado um momento em que esses valores tenham sido respeitados... Não é?

"A moral é precedida pela compulsão; ela se mantém mesmo por algum tempo como compulsão, à qual nos submetemos para escapar a consequencias desagradáveis. Mais tarde, torna-se costume, mais tarde ainda, obediência livre, e finalmente, quase se torna instinto; daí, como todas as coisas costumeiras e naturais, ela é ligada à gratificação - e então se torna virtude"
Nietzsche - Humano, Demasiado Humano

"cada pequeno passo na terra foi pago com tortura física e espiritual... quanto sangue e crueldade estão por trás de todas as 'boas coisas'!"
Nietzsche - A Genealogia da Moral

Sobre o maniqueísmo entre bem e mal, nada melhor que Nietzsche para apontar a linha tênue que separa um valor do outro. Aí me dizerem que os valores estão invertidos... Quando os valores (apropriação de valores
ocidentais judaico-cristãos) foram "corretos"? E para quem foram "corretos"? E a vigência desses bons valores faziam (?) os homens e a sociedade melhor? Atribuir essa "inversão" de valores à ascensão do capitalismo não é apenas simplificar as coisas também? Será que hoje não somos apenas menos hipócritas?

Fica a reflexão para o dia das crianças!

Um comentário:

Blog do Óbvio disse...

Pablo, muito interessante o seu blog. Muito boas postagens. Obrigado por sua gentil visita no meu. Já vou linkar seu blog e seguí-lo. Parabéns! Valeu, amigo. Um abraço. Manoel.

Postar um comentário

BLOG DO BERNED
literatura, política, cultura e comportamento.
seja em osório, em santa maria ou em liechtenstein.
na verdade, tanto faz.

.::: Após o sinal, deixe o seu nome, e a cidade de onde está falando :::.